Enviados especiais testemunham cenário de destruição em Chernihiv. Autoridades ucranianas falam em pelo menos 700 mortos

18 abr, 20:58

Os enviados especiais a Kiev chegaram esta segunda-feira à cidade de Chernihiv, que esteve sob controlo russo durante 39 dias. Os relatos que foram chegando da cidade ao longo desse período deram conta de ataques indiscriminados a alvos civis, incluindo um bombardeamento a uma fila de pessoas que aguardavam para comprar pão.

Num primeiro ponto de situação, os repórteres Paulo Bastos e Pedro Batista explicam que há suspeitas de pelo menos 700 mortos, com muitos corpos ainda por encontrar, num cenário de devastação.

Europa

Mais Europa

Patrocinados