"É preciso não esquecer o passado recente, que foi há pouco mais de 10 anos, quando se faz promessas eleitorais"

26 mar, 11:37

Paulo Trigo Pereira, professor do ISEG, diz que tudo o que está relacionado com medidas que "são permanentes de despesa pública" devem ser "quantificadas e previstas para anos vindouros"

Decisão 24

Mais Decisão 24

Patrocinados