Candidato de extrema-direita vence eleições primárias na Argentina e promete tornar o país "uma potência mundial dentro de 35 anos"

14 ago, 10:20

Admirador de Donald Trump e apoiado por Bolsonaro, Javier Milei obteve 32,6% dos votos. O líder do movimento "A Liberdade Avança" desafiou os argentinos a participarem na "revolução liberal"

Mundo

Mais Mundo

Mais Vistos

Patrocinados