Saiba tudo sobre o Euro aqui

Não se via nada assim há 40 anos. Do outro lado do mundo há um problema com França

17 mai, 22:04

O governo francês enviou, uma semana depois do início dos tumultos na Nova Caledónia, mais 1.200 agentes da polícia para recuperar o controlo sobre o território. São os motins mais violentos desde o final dos anos 80 no arquipélago, uma coletividade territorial francesa com estatuto especial e um elevado grau de autonomia.

Os manifestantes protestam contra a reforma da lei eleitoral, que beneficia a representatividade dos povos Kanak, atualmente pouco mais de 40% da população. Os independentistas temem que os povos originários percam direitos e reivindicam o que definem como a conclusão do processo de descolonização.

A Nova Caledónia é um território de grande importância estratégica para França na região da Ásia-Pacífico, onde China e Estados Unidos procuram exercer posições de domínio.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados