Alcançar a paz na Cimeira é "difícil" mas gera-se "ideia de certa cumplicidade de uma união de Estados face à causa ucraniana"

15 jun, 15:31

Pedro Trovão do Rosário analisa a Cimeira da Paz para a Ucrânia, que acontece este fim de semana na Suíça. "A partir do momento em que uma das entidades beligerantes não está presente ou representada será difícil antecipar conclusões que fossem de alcance de uma situação de paz", diz.

Europa

Mais Europa

Patrocinados