Mais de mil denúncias de avistamentos de ninhos da vespa asiática este ano. Saiba o que fazer se vir um

23 set, 10:24
Vespa asiática

Maioria dos avistamentos foram a norte do rio Tejo. Em 2021, a GNR recebeu 2.036 denúncias ao longo de todo o ano

A Guarda Nacional Republicana recebeu este ano, até ao dia 21 de setembro, 1.058 denúncias de avistamentos de ninhos da Vespa Asiática (Vespa velutina), através da Linha SOS Ambiente e Território.

De acordo com dados a que a CNN Portugal teve acesso, o número representa pouco mais de metade das denúncias que foram recebidas em todo o ano passado, sendo que " cerca de 90% das denúncias participadas reportam-se a avistamentos a norte do rio Tejo, com maior incidência nos distritos do Porto, Viana do Castelo, Braga, Coimbra e Lisboa". Os restantes 10% são de avistamentos a sul do rio Tejo, maioritariamente no distrito de Setúbal.

"No ano de 2021 a Guarda Nacional Republicana recebeu 2.036 denúncias de avistamentos de ninhos da Vespa Asiática (Vespa velutina), por intermédio da Linha SOS Ambiente", refere fonte oficial da GNR.

A GNR informa ainda que, no que respeita ao controlo desta espécie invasora, ainda não existe ainda nenhum método de controlo eficiente, "sendo que a destruição dos seus ninhos é considerada o melhor método de limitar localmente o impacto das mesmas sobre abelhas, outros insetos e eventualmente pessoas".

Só em Santo Tirso foram destruídos 284 ninhos 

A Câmara de Santo Tirso destruiu este ano e até 31 de agosto, 284 ninhos de vespa velutina, tendo anunciado em setembro um investimento de cinco mil euros na aquisição de equipamentos para um “combate mais célere”.

Fruto do investimento feito, acrescentou fonte da autarquia, “a partir de agora, a eliminação dos ninhos será feita por aplicação de um químico não repelente através da utilização de uma vara em fibra de carbono extensível, até 22 metros, ou de um marcador de ar comprimido”, as duas “ferramentas” adquiridas pelo município do distrito do Porto.

Em 2020, a câmara destruiu 416 ninhos, sendo que no ano seguinte abateu abatidos 820 ninhos.

Conselhos da GNR em caso de avistamento de ninho de vespa asiática

  • Deverá afastar-se para lá de 10 metros do mesmo, não exercendo qualquer atividade ou ruído junto ao ninho, e entrar em contacto imediato com o Serviço de Proteção Civil Municipal do Município respetivo, ou em sua substituição, aceder à ferramenta STOPvespa, que visa apoiar a identificação e o controlo desta espécie invasora e nociva em Portugal Continental, através da geolocalização online de avistamentos e de ninhos num servidor de mapas;
  • Nos casos de avistamentos, para além de contactos mais diretos e céleres com a entidade competente, estes podem ser reportados à GNR, por intermédio da “Linha SOS Ambiente 808 200 520”. Esta, através dos seus canais de contacto, fará a chegar a informação aos Serviços de Proteção Civil Municipal respetivos, a quem, nos termos do “Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa velutina em Portugal”, cabe a responsabilidade, em parceria com o ICNF e a DGAV, destruir e erradicar a ameaça imposta pelos seus ninhos.

País

Mais País

Patrocinados