Sete feridos em atropelamento em Telavive. Suspeito foi "neutralizado"

Andreia Miranda , Notícia atualizada às 14:12
4 jul 2023, 12:10

 

 

Hamas reivindica que ataque foi levado a cabo por um dos seus membros

Sete pessoas ficaram feridas depois de terem sido atropeladas em Telavive, esta terça-feira, revelou um porta-voz da polícia israelita. Depois do atropelamento, o suspeito saiu do carro e esfaqueou as pessoas que se encontravam junto à paragem de autocarro perto do centro comercial da avenida Pinchas Rosen. Segundo a polícia, três dos feridos estão em estado grave.

"Sete pessoas ficaram feridas neste ataque: três em estado grave, dois feridos em estado moderado e dois em estado ligeiro, de acordo com as autoridades médicas. Os socorristas estão neste momento no local", lê-se no Twitter da polícia.

O condutor foi "neutralizado" no local por um cidadão armado e o ataque está a ser investigado como terrorismo.

De acordo com a Aljazeera, o Hamas assegura que o ataque foi levado a cabo por um dos seus membros. Em comunicado, o grupo islamita identifica o atacante como Abdel-Wahhab Issa Hussein Khalayleh, um jovem de 20 anos de Hebron que agiu em "legítima autodefesa" contra o ataque israelita a Jenin e contra "os crimes de deslocação, assassínio e destruição cometidos pelas forças de ocupação".

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados