Unicórnio português Talkdesk avança com nova ronda de despedimentos. Fundador garante que "negócio continua forte"

27 set, 13:33
Tiago Paiva, CEO e fundador da Talkdesk (Paul Chinn/Getty Images)

A única empresa unicórnio com sede em Portugal, liderada por Tiago Paiva, fala de "reduções limitadas no número de trabalhadores em algumas áreas", mas garante que "o negócio continua forte"

ATalkdesk avançou com uma nova ronda de despedimentos, a terceira em pouco mais de um ano na unicórnio nacional, noticiou a TechCrunch. Não é conhecido o número de colaboradores afetados por esta decisão. A empresa fala de “reduções limitadas no número de trabalhadores em algumas áreas”.

“As reduções limitadas no número de trabalhadores que fizemos em algumas áreas não irá afetar negativamente a velocidade da nossa inovação”, reagiu Tiago Paiva, fundador e CEO da empresa, numa declaração escrita, citada pela publicação internacional.

“Continuaremos a investir e a contratar em áreas estratégicas que nos permitirá inovar de formas mais rápida e eficiente, em escala”, disse ainda o gestor. “O nosso negócio continua forte, e temos perante nós uma tremenda oportunidade de mercado”, acrescenta o porta-voz.

Depois de em agosto do ano passado, a unicórnio ter avançado com uma redução de pessoal, com impacto de “um dígito percentual no número de colaboradores a nível mundial” — tal como noticiou o ECO –, em fevereiro a companhia terá feito novas reduções de pessoal. Poucos meses depois, avança agora com novos cortes nos quadros.

 

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados