Gasóleo desceu quase nada – mas está ainda mais caro que a gasolina. Veja os preços

13 set, 07:45
Combustíveis, preços, inflação, gasolina, gasóleo. Foto: Uwe Lein/picture alliance via Getty Images

Esta segunda-feira quase todos os combustíveis desceram… mas quase nada. Mesmo assim, a diferença entre os gasóleos e as gasolinas 95 aumentou

Cinco dos seis combustíveis desceram esta segunda-feira. Mas as variações do gasóleo ficaram pelas décimas de cêntimos. Como as gasolinas 95 desceram mais um cêntimo que os gasóleos, a distância entre os preços dos dois tipos de combustíveis aumentou ainda mais.

O gasóleo simples é agora 12 cêntimos mais caro por litro do que a gasolina simples 95. E o gasóleo especial é 13,3 cêntimos mais caro do que a gasolina especial 95.

É o que resulta das alterações de preços desta segunda-feira, que só hoje – terça – são publicadas, pela Direção-Geral de Energia e Geologia. Os dados referem-se aos preços médios praticadas ontem em Portugal continental.

O gasóleo simples desceu 0,6 cêntimos por litro face à segunda-feira anterior, fixando-se nos 1,823 euros por litro. Já o gasóleo especial desceu apenas 0,3 cêntimos, para 1,854 euros por litro.

A gasolina simples 95 desceu 1,6 cêntimos por litro, para um preço médio de 1,703 euros por litro. Depois de descer 1,3 cêntimos, a gasolina especial 95 custa agora 1,721 euros por litro.

A gasolina 98 deslizou 0,4 cêntimos, para os 1,927 euros por litro. Finalmente, a gasolina especial 98 foi a única que aumentou, apenas 0,2 cêntimos, para 1,947 euros por litro.

Com estes preços, verifica-se que os gasóleos estão 16,3 cêntimos mais caros do que estavam na véspera da invasão da Ucrânia pela Rússia. Já as gasolinas 95 estão mais baratas do que então na casa dos 11 cêntimos por litro. As gasolinas 98 estão quase na mesma: mais baratas em cerca de um cêntimo.

Recorde-se que, face ao que acontecia aquando da invasão de fevereiro da Ucrânia pela Rússia, o peso dos impostos desceu. De outra forma, e segundo o governo, o gasóleo estaria 28,2 cêntimos mais caro hoje e gasolina custaria mais 32,1 cêntimos por litro.

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados