"Foi uma tormenta": inundações no Porto deixam autarquia preocupada. Chuva forte regressa este domingo

Rafaela Laja , notícia atualizada às 23:00
7 jan, 17:07

Câmara admite estar preocupada com a origem das inundações que provocaram vários estragos na baixa da cidade. Além do distrito do Porto, também Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Coimbra, Leiria, Lisboa e Viseu estarão sob aviso laranja entre as 6:00 e as 12:00 de domingo

Uma grande queda de água num curto espaço de tempo: a manhã deste sábado no Porto foi, segundo a autarquia, "uma tormenta". A chuva intensa deixou estradas cortadas, ruas inundadas e obrigou ao fecho da estação de Metro de São Bento - algo que estará relacionado com as obras na mesma estação.

Num balanço dos estragos, o vice-presidente da Câmara Municipal, Filipe Araújo, negou a suspeita de que tinha rebentado uma conduta naquela zona da cidade e garantiu que as equipas estavam preparadas para a intempérie, mas não para aquilo que aconteceu na Rua Mouzinho da Silveira: "De facto é um fenómeno que nunca a cidade viu neste espaço". Paralelamente, está a decorrer uma obra na linha do metro e que, segundo o porta-voz, terá "certamente provocado algumas alterações que estamos neste momento a estudar". 

"Mas isso é normal também. Uma obra pode provocar esse tipo de alterações, mas obviamente estamos preocupados com o que se sucedeu e estamos a estudar formas de não voltar a acontecer", afirmou. 

Segundo explica o vice-presidente, existe um rio que passa por debaixo da rua Mouzinho da Silveira que normalmente transporta toda a água - mesmo em grandes intempéries. "O que aconteceu hoje é que a água não percorreu o rio e veio à superfície e arrastou com ela paralelos e causou outros danos".

"Estamos a avaliar porque é que isso aconteceu", acrescentou.

Entre as 11:30 e as 12:00, já mesmo no final do aviso laranja que vigorou durante a manhã, na cidade do Porto a chuva caiu forte e sem parar na cidade do Porto. A força das águas cortou ainda a circulação do metro, assim como o acesso à Estação de São Bento, uma vez que como é subterrânea, alagou.

Oito distritos em aviso laranja durante a manhã

Além do distrito do Porto, também Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Coimbra, Leiria, Lisboa e Viseu estarão sob aviso laranja entre as 6:00 e as 12:00 de domingo, devido à previsão de chuva intensa, anunciou o IPMA.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de três e refere-se a uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Segundo Ângela Lourenço, em declarações à Lusa, nas próximas horas e até cerca da 24:00, vai continuar a ocorrer chuva por vezes forte e persistente nos distritos da região Centro e eventualmente no Alto Alentejo.

“Em todo o território vai continuar a chover e, gradualmente, a partir das 00:00 começa a haver um agravamento em termos das quantidades de precipitação previstas no Minho e Douro Litoral, que se irá estender um pouco para sul, abrangendo Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real e Viseu”, avançou a meteorologista.

A partir da domingo à tarde já se prevê uma melhoria das condições meteorológicas, mas ainda com ocorrência de precipitação, abrangendo praticamente todo o território continental.

Essa melhoria do estado do tempo vai ser mais notória no Alentejo e Algarve, onde pode mesmo deixar de chover a partir do meio da tarde de domingo, referiu Ângela Lourenço.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados