PJ já tem pelo menos dois suspeitos do Monte da Caparica que fez duas mortes mas ainda não há detenções

Agência Lusa , NM
2 jan, 12:54
PJ

De acordo com as autoridades, os disparos terão sido efetuados por duas pessoas, mas o diretor da PJ de Setúbal não exclui a possibilidade de haver outros envolvidos

A Polícia Judiciária de Setúbal está a efetuar diligências para identificar os autores do tiroteio que causou dois mortos na sexta-feira no Monte da Caparica, em Almada, e há “pelo menos dois suspeitos”, mas ainda não foram efetuadas detenções.

O ponto de situação deste caso foi feito à agência Lusa ao final da manhã desta terça-feira pelo diretor da PJ de Setúbal, João Bugia.

De acordo com as informações recolhidas pelas autoridades policiais, os disparos terão sido efetuados por duas pessoas, mas o diretor da PJ de Setúbal não exclui a possibilidade de haver outros envolvidos.

Além dos dois mortos, o tiroteio da noite de sexta-feira provocou sete feridos, um deles em estado grave, que foram transportados para o Hospital Garcia de Orta, no concelho de Almada, distrito de Setúbal.

No sábado, fonte da GNR disse à agência Lusa que os disparos terão ocorrido na sequência de um “desacato entre vários indivíduos” e que, na altura, foi montado um dispositivo de segurança no local, para evitar retaliações e outros incidentes.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados