Morreu Pietra, antiga glória do Benfica

7 mar, 23:57
Pietra (Benfica)

Benfica "lamenta a morte" de alguém que deu mais de metade da vida ao clube

Morreu esta quinta-feira Minervino Pietra, histórico jogador do Benfica, tendo também passado por várias equipas técnicas dos encarnados. A notícia foi confirmada pelo Sport Lisboa e Benfica, que "lamenta a morte" do antigo atleta, que tinha 70 anos.

"Partiu um homem com uma ligação histórica ao Clube, um exemplo de dedicação e de enorme benfiquismo, seja em campo ou na estrutura do futebol", pode ler-se no comunicado.

O Benfica lembra que Pietra deu mais de metade da sua vida ao Benfica, fosse como jogador, fosse como analista ou até como treinador residente de várias equipas técnicas do plantel principal.

Como jogador foi quatro vezes campeão nacional, cinco Taças de Portugal e duas Supertaças.

Minervino Pietra durante os festejos do primeiro título com Jorge Jesus, em 2010 (Francisco Seco/AP)

"Sempre foi um desportista de eleição, como jogador do Benfica e da Seleção e como treinador, que inspirava os jogadores pelo seu exemplo e pela mística que sempre incutiu nos mais novos", lembra o Benfica.

Chegado ao Benfica em 1976, Pietra só deixou o clube em 2022z, "sem nunca o Benfica o ter deixado a ele". Como jogador disputou 227 jogos, nos quais marcou 19 golos. Foi liderado por treinadores como John Mortimore, Mário Wilson, Lajos Baroti ou Sven-Göran Eriksson. "A sua experiência como futebolista de elite moldou o seu perfil como treinador", sublinha o Benfica.

"O Sport Lisboa e Benfica tudo fará para perpetuar a memória de um profissional de excelência e de um homem de raro carácter. Minervino Pietra será sempre reconhecido como um dos nossos, portador e zelador da mística", acrescenta o clube, que deixa os "mais sentidos pêsames" à família.

Antes do Benfica Pietra passou cinco temporadas no Belenenses, tendo saltado para a Luz na época 1976/77.

Após finalizar a carreira de futebolista, Pietra treinou Alverca, Estoril-Praia, Juventude de Évora e Barreirense, além de ter sido adjunto no Boavista e Belenenses, mas, a partir de 2007/08, passou a estar sempre ligado ao Benfica, tanto como analista como “treinador residente de várias equipas técnicas do plantel profissional” dos encarnados.

Foi ainda internacional por 27 vezes, tendo marcado um golo. Estreou-se com a camisola das quinas aos 19 anos e nunca chegou a marcar presença numa grande competição, tendo participado apenas em jogos de qualificação para Mundiais e Europeus e em partidas amigáveis.

Ao serviço da seleção nacional, Pietra marcou o seu único golo em 14 de outubro de 1981, precisamente no Estádio da Luz, no desaire com a Suécia (2-1), na qualificação para o Mundial1982.

Benfica

Mais Benfica

Mais Lidas

Patrocinados