Prisão preventiva para jovem suspeito de matar o pai na via pública em Peniche

Agência Lusa , BCE
18 ago 2023, 19:07
PSP

Segundo testemunhas no local, a discussão entre filho e pai “começou no interior da residência, tendo-se prolongado e terminado na via pública”.

O homem de 21 anos suspeito de matar o pai com uma arma branca na quarta-feira, em Peniche, vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva, divulgou esta sexta-feira o Comando Distrital de Leiria da PSP.

Em comunicado, a PSP adianta que, após, ter sido presente para primeiro interrogatório, foi aplicada a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.

Na quinta-feira, a PSP revelou que tinha sido chamada na noite anterior a uma desordem numa rua da cidade de Peniche e que, quando chegou ao local, encontrou o suspeito “com vestígios de sangue em todo o corpo e, a uma pequena distância, o seu pai, prostrado no solo, a ser socorrido pelos bombeiros”.

O óbito da vítima, com 44 anos, foi declarado no local.

Na altura, a PSP indicou ainda que, segundo testemunhas no local, a discussão entre filho e pai “começou no interior da residência, tendo-se prolongado e terminado na via pública”.

O detido foi assistido na unidade de Peniche do Centro Hospitalar do Oeste devido a “ferimentos provocados pela arma branca de que era portador”, antes de recolher às celas de detenção para ser presente às autoridades judiciais para primeiro interrogatório.

A investigação do crime está a ser feita pela Polícia judiciária (PJ).

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que se trata de uma “família disfuncional” e que se encontra a recolher provas periciais e testemunhais.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados