Desconhecido, estranho e muito peculiar. Peixe raro volta a aparecer em praia da Califórnia

20 dez 2021, 15:09
Pacific football fish encontrado na Califórnia (Scripps Institute of Oceanography)
Pacific football fish encontrado na Califórnia (Scripps Institute of Oceanography)

Não é comum ver esta espécie, que tem vários pormenores singulares, incluindo na forma de acasalar

PUB

É uma espécie rara e algo assustadora, mas que começa a ser habitual ver nas praias californianas.

Cientistas do Scripps Institute of Oceanography da Universidade de San Diego identificaram um exemplar do Pacific football fish (não há tradução conhecida em português), espécie que geralmente habita os mares a mil metros de profundidade.

PUB

Esta é já a terceira vez que um destes peixes dá a costa californiana este ano, um feito assinalável dado que só foram vistos 31 exemplares desta espécie desde que foi descoberta, em 1837.

“O facto de alguns terem dado à costa pode ser só sorte da nossa parte. Ainda pouco sabemos sobre eles, mesmo o básico”, diz Ben Frable, ictiologista do instituto, citado pelo Guardian, que também descartou a hipótese de algo errado esteja a acontecer. Caso tal fosse verdade, seriam muitos mais a aparecer, diz Frable.

Apesar das poucas certezas, os cientistas já conhecem o processo de acasalamento desta espécie, que ficou popular com o filme “À Procura de Nemo”. Durante o evento, os machos fundem-se com as fêmeas, perdendo quase todos os seus órgãos excetuando os testículos, usados como fonte de esperma.

PUB
PUB
PUB

O exemplar encontrado em maio esteve em exposição no Museu de História Natural de Los Angeles. William Ludt, curador da coleção de peixes da instituição, mostrou-se entusiasmado com a nova descoberta.

“Há muita coisa que não sabemos sobre esta espécie, por isso mesmo é que deve ser exposta, para que as pessoas conheçam o mundo e as criaturas que nele habitam. Cada um destes peixes que é descoberto é um tesouro de informação”, afirmou Ludt.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Ciência

Mais Ciência

Patrocinados