Liga: de mexicanos no Porto a venezuelanos na Madeira

9 set 2015, 10:01
União Madeira-Vitória Guimarães (LUSA/ Homem de Gouveia)

Grupos que se formam e indicam tendências no mercado

O mapa de nacionalidades na Liga, desenhado na recolha de dados do Maisfutebol
permitiu algumas conclusões importantes e a perceção de realidades curiosas.

Em suma, há 227 jogadores portugueses entre os 494 que integram os plantéis do nosso campeonato (46%) e 124 brasileiros (25,1 por cento).

Belenenses, Paços de Ferreira e Vitória de Guimarães são os clubes com maior percentagem de atletas lusitanos nos seus quadros principais, mas há outros em que o número de brasileiros acaba por ser superior ao de portugueses.

Liga: portugueses ainda em minoria no mapa de nacionalidades


O Sp. Braga tem o número recorde de 12 jogadores provenientes de Terras de Vera Cruz, seguindo pela dezena de representantes no Marítimo, Nacional, Estoril e Arouca.

Para além disso, registo para a formação de pequenos grupos de determinados países em alguns clubes, indicando uma clara aposta nesse mercado específico.

Sabia por exemplo que o plantel do União da Madeira tem cinco venezuelanos (um deles, Carlos Manuel, luso-venezuelano)? Tantos quantos os espanhóis do FC Porto, compatriotas de Julen Lopetegui, agora com a companhia de quatro jogadores mexicanos. Layún e Corona juntaram-se a Herrera e Gudiño. Mais que coincidência, é naturalmente uma opção estratégia dos dragões.

Liga: quais são os clubes com mais e menos portugueses?


Ainda na cidade Invicta, o Boavista manteve um olhar atento sobre o mercado africano, destacando-se três nigerianos e igual número de senegaleses, para além de representantes de Gana, Camarões e Congo.

No Benfica continua a haver um trio de argentinos, com Nicolas Gaitán a par de Eduardo Salvio e Lisandro López, enquanto o Nacional da Madeira tem a porta aberta para valores emergentes de Moçambique, juntando os jovens Geraldo Matsimbe e Witi Quembo a Zainadine Júnior.

Depois, as nacionalidades dispersam-se por um sem número de países, não justificando por isso uma referência individualizada. Mas em 494 jogadores, como é natural, há representantes dos quatro cantos do Mundo.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados