Saiba tudo sobre o Euro aqui

Tour: Ion Izaguirre vence isolado a 12.ª etapa, Ruben Guerreiro nono

13 jul 2023, 16:38
Ion Izaguirre vence a 12.ª etapa do Tour (MARTIN DIVISEK/EPA)

Fuga antes do final da última subida vale segundo triunfo do espanhol na Volta a França, depois de 2016. E o segundo da Cofidis nesta edição. Português da Movistar entra no top-30

O ciclista espanhol Ion Izaguirre venceu, esta quinta-feira, de forma isolada, a 12.ª etapa da Volta a França, na ligação de 169 quilómetros entre Roanne e Belleville-En-Beaujoulais.

Izaguirre cortou a meta ao fim de 03h51m42s, depois de um ataque decisivo antes do final da última subida, a cerca de 30 quilómetros da meta, no reduzido grupo da frente.

O basco de 34 anos dá a segunda vitória à Cofidis nesta edição do Tour, depois do êxito de Victor Lafay na segunda etapa. Soma também a sua segunda vitória em etapas na carreira, na Volta a França, depois de ter ganho uma tirada em 2016.

O pódio da etapa ficou completo com o francês Mathieu Burgaudeau (Totalenergies), segundo, e com o norte-americano Matteo Jorgenson (Movistar Team), terceiro, ambos a 58 segundos de Izaguirre.

O português Ruben Guerreiro (Movistar), que esteve na fuga e em perseguição depois de ter perdido ligeiro terreno na última subida, terminou a etapa no top-10, em nono lugar, a um minuto e 27 segundos de Izaguirre.

Já Nelson Oliveira (Movistar) foi 61.º, a 11 minutos e 25 segundos do vencedor. Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty) chegou no último grupo, no 149.º lugar, a 27 minutos e 57 segundos.

Na geral, quanto ao top-10, pouco há de novo, à exceção da entrada do francês Thibaut Pinot, que foi sexto na etapa (+01m13s do que Izaguirre) e ascendeu à 10.ª posição, a seis minutos e 33 segundos de Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma). O dinamarquês segue com 17 segundos de avanço para o esloveno Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) e dois minutos e 40 segundos para o australiano Jai Hindley (Bora-Hansgrohe). Do top-10 saiu Sepp Kuss (Jumbo-Visma), que é 11.º (+06m45s).

Geral: Guerreiro sobe cinco posições, a 28.º

Quanto aos portugueses, na classificação geral, Ruben Guerreiro subiu cinco lugares e entrou no top-30, passando de 33.º a 28.º. Está a 35 minutos e 49 segundos de Vingegaard.

Já Nélson Oliveira subiu sete posições e é agora 59.º, a uma hora, 24 minutos e 43 segundos. Por seu turno, Rui Costa desceu oito posições, sendo agora 95.º, a uma hora, 57 minutos e cinco segundos do camisola amarela.

Sexta-feira é para a geral

Na sexta-feira, os ciclistas têm pela frente a 13.ª etapa, que liga Châtillon-Sur-Chalaronne a Grand Colombier, com final em montanha ao cabo de 138 quilómetros. Uma etapa importante nas contas da geral, com 17,4 quilómetros na subida final, a uma pendente média de 7,1 por cento.

Relacionados

Patrocinados