Luís Magalhães deixa Sporting e basquetebol com críticas à federação

26 mai, 22:50
Luís Magalhães, treinador de basquetebol do Sporting (FIBA)

Técnico leonino diz que o organismo continua a «dar golpes no basquetebol»

O treinador de basquetebol do Sporting, Luís Magalhães, anunciou esta quinta-feira que vai abandonar o clube e a modalidade, com a qual deixou de se rever.

Após a derrota (95-80) diante do FC Porto, no terceiro e decisivo jogo da meia-final do play-off de campeão, o técnico agradeceu a quem trabalhou ao seu lado nas três temporadas em que esteve no comando dos leões.

«Hoje, também saio do Sporting e do basquetebol. Estou cansado. Há mais coisas a fazer na vida. Não me revejo neste tipo de coisas. Não quero estar metido nisto, prefiro afastar-me. Agradeço aos jogadores, ao staff do Sporting. Era por ter vindo por uma época e fiquei três», afirmou, citado pela agência Lusa.

Luís Magalhães recusou que estivesse a falar «a quente» e diz que na base desta decisão está a Federação Portuguesa de Basquetebol que tem, segundo o próprio, deitado abaixo a modalidade.

«Sou treinador há muitos anos, quando a Liga tinha um basquetebol elevadíssimo. Esta própria federação, estes membros que lá andam há vários anos deitaram-na abaixo. Agora continuam a dar golpes no basquetebol e não quero estar metido nesta situação. Prefiro sair, prefiro afastar-me», atirou.

Em três épocas no Sporting, Luís Magalhães conseguiu um campeonato, três Taças de Portugal, uma da Taça Hugo dos Santos e uma da Supertaça.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados