Jogador do Sporting explica gestos: «Não eram para adeptos do FC Porto»

25 mai, 11:38
António Monteiro (Twitter)

António Monteiro explica que tudo começou quando duas pessoas o insultaram e cuspiram

O basquetebolista do Sporting, António Monteiro, garantiu esta quarta-feira, horas após o jogo dois do play-off de campeão com o FC Porto, que o gesto obsceno na direção das bancadas no caminho para os balneários, no Dragão Arena, na terça-feira, não foi dirigido a adeptos dos azuis e brancos

«Primeiramente, pedir desculpa pelos gestos obscenos que aconteceram no jogo. Depois, queria aqui deixar claro que esses mesmos gestos nunca foram dirigidos aos adeptos do FC Porto ou à claque do FC Porto. Tudo começou quando saía do balneário ao intervalo, para o aquecimento, quando cerca de dois indivíduos desataram a ofender-me verbalmente e a cuspir-me», começou por dizer, numa mensagem escrita nas redes sociais, garantindo que a situação se repetiu quando foi desqualificado e seguia para o balneário, altura em que respondeu com o gesto.

«O mesmo voltou a acontecer quando fui expulso do jogo, na altura já de cabeça quente surgiu esse gesto nada bonito que, de cabeça fria, acho reprovável, mas quero dizer que esses gestos foram para esses dois indivíduos e nunca para os adeptos em geral do FC Porto, que sempre me apoiaram enquanto representei o clube. Apesar de ter representado o clube e ter dado tudo o que tinha pelo clube e ter sido acarinhado por todos, hoje represento o Sporting e darei tudo dentro de campo por esta equipa, independentemente da equipa contra quem joguemos», finalizou António Monteiro.

O FC Porto venceu o Sporting por 74-71 e está a uma vitória da final.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados