Euro 2020: Shaqiri junta-se à perseguição a Ronaldo e Schick

20 jun 2021, 19:23
Suíça-Turquia (EPA/Jean-Christophe Bott)

Extremo da Suíça, seleção que aguarda para saber se será uma das quatro melhores terceiras, bisou ante a Turquia

O futebolista da Suíça, Xherdan Shaqiri, juntou este domingo o seu nome à lista de jogadores com dois golos no Euro 2020, com o bis frente à Turquia, na vitória por 3-1, que deixa os helvéticos à espera do final da fase de grupos para saberem se serão um dos melhores quatro terceiros classificados.

Haris Seferovic (Suíça) e Irfan Kahveci (Turquia), que também marcaram nesse jogo, acrescentaram os seus nomes à lista de marcadores, tal como Matteo Pessina, que marcou o golo da vitória da Itália ante País de Gales (1-0).

Há dois jogadores com três golos, oito jogadores com dois golos, mais 35 com apenas um golo e ainda cinco autogolos, num total de 60 golos já marcados nos 26 jogos realizados nesta fase final (média de 2,31 golos por jogo). 

Lista dos melhores marcadores

Três golos:

Cristiano Ronaldo (Portugal)

Patrik Schick (República Checa)

Dois golos:

Romelu Lukaku (Bélgica)

Ciro Immobile (Itália)

Manuel Locatelli (Itália)

Denzel Dumfries (Países Baixos)

Xherdan Shaqiri (Suíça)

Andriy Yarmolenko (Ucrânia)

Roman Yaremchuk (Ucrânia)

Um golo:

Ivan Perisic (Croácia)

Kai Havertz (Alemanha)

Robin Gosens (Alemanha)

Marko Arnautović (Áustria)

Michael Gregoritsch (Áustria)

Stefan Lainer (Áustria)

Thomas Meunier (Bélgica)

Kevin De Bruyne (Bélgica)

Thorgan Hazard (Bélgica)

Yussuf Poulsen (Dinamarca)

Milan Skriniar (Eslováquia)

Álvaro Morata (Espanha) 

Joel Pohjanpalo (Finlândia)

Antoine Griezmann (França)

Attila Fiola (Hungria)

Raheem Sterling (Inglaterra)

Lorenzo Insigne (Itália)

Matteo Pessina (Itália)

Goran Pandev (Macedónia do Norte)

Ezgjan Alioski (Macedónia do Norte)

Aaron Ramsey (País de Gales)

Connor Roberts (País de Gales)

Kieffer Moore (País de Gales)

Georginio Wijnaldum (Países Baixos)

Memphis Depay (Países Baixos)

Wout Weghorst (Países Baixos)

Karol Linetty (Polónia)

Robert Lewandowski (Polónia)

Raphaël Guerreiro (Portugal)

Diogo Jota (Portugal)

Aleksei Miranchuk (Rússia)

Emil Forsberg (Suécia)

Breel Embolo (Suíça)

Haris Seferovic (Suíça)

Irfan Kahveci (Turquia)

Na própria baliza:

Mats Hummels (Alemanha), a favor da França

Wojciech Szczesny (Polónia), a favor da Eslováquia

Merih Demiral (Turquia), a favor da Itália

Rúben Dias (Portugal), a favor da Alemanha

Raphael Guerreiro (Portugal), a favor da Alemanha

Patrocinados