FIFA condena Federação Moçambicana a indemnizar Luís Gonçalves

5 jan, 13:15
Luís Gonçalves (coach Luís Gonçalves)
Luís Gonçalves (coach Luís Gonçalves)

Técnico português vai receber cerca de 331 mil euros

PUB

A FIFA condenou a Federação de Moçambique a pagar 374 mil dólares (cerca de 331 mil euros) ao ex-selecionador Luís Gonçalves, que foi afastado do cargo em novembro.

A decisão da FIFA foi tomada em novembro passado e está a ser avaliada pelo organismo moçambicano, disse fonte da entidade ao diário Notícias.

PUB

A publicação moçambicana refere ainda que o antigo adjunto de Luís Gonçalves, o também português Tiago Capaz, deve receber uma indemnização na ordem dos 100 mil dólares (cerca de 89 mil euros).

Os dois treinadores alegaram à FIFA terem sido «mal demitidos» e que deveriam ter cumprido o contrato, que terminava a 30 de novembro de 2022.

Recorde-se que a Federação de Moçambique despediu o selecionador devido ao «incumprimento de alguns objetivos colocados, que passavam, principalmente, pela qualificação para a Taça das Nações Africanas Camarões2021».

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados