Portugueses vivem terror: autocarro do Legia invadido por adeptos

13 dez 2021, 22:55
Legia Varsóvia
Legia Varsóvia

Yuri Ribeiro, Josué, Rafael Lopes e André Martins regressavam de um jogo

PUB

O plantel do Legia Varsóvia viveu momentos de terror, neste domingo, ao ver o autocarro invadido por adeptos.

Tudo aconteceu no regresso após a derrota no reduto do Wisla Plock, que atirou a equipa de Yuri Ribeiro, Josué, André Martins e Rafael Lopes para o último lugar da Liga polaca.

PUB

Descontentes com a situação, adeptos radicais esperaram pela equipa no regresso a bloquearam o autocarro. Entraram no veículo e agrediram alguns jogadores. De acordo com a imprensa polaca, o azeri Mahir Emreli e o brasileiro Luquinhas, que passou pelo futebol português, foram os mais atingidos.

Ainda de acordo com a imprensa polaca, Emreli já terá mesmo contactado os advogados para analisar a possibilidade de avançar com uma rescisão unilateral do contrato.

O Legia emitiu um comunicado nesta segunda-feira, a confirmar o incidente e a condená-lo. Mas o que também tem suscitado polémica é que não havia qualquer membro da estrutura diretiva no autocarro. Um diretor explicou que, por força da dimensão da equipa técnica, o autocarro estava lotado.

PUB
PUB
PUB

Também nesta segunda-feira o emblema de Varsóvia anunciou a mudança de treinador: Marek Golebiewski cedeu o lugar a Aleksandar Vukovic, que já tinha orientado o Legia entre abril de 2019 e setembro de 2020.

 

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados