«Campbell? Queria marcar o penalty, mas quem manda sou eu»

12 mar 2017, 00:27

Tondela-Sporting, 1-4 (reportagem)

O costariquenho queria bater a terceira grande penalidade, mas o técnico disse que era Bas Dost quem tinha de marcar.

«Eu entendo [a atitude do jogador, que saiu mais cedo do relvado]. Ele queria marcar o penalty, mas eu achei que não era ele. E como nas minhas equipas quem manda sou eu, os jogadores não decidem nada, sou eu que decido todas as situações . Ele teve um comportamento espetacular e aceitou a decisão do técnico. Podia não aceitar, muitas vezes um jogador quer marcar, o treinador diz que não é ele, mas ele marca. E o que é que tu fazes? Vais dentro do campo? Não podes ir dentro do campo (risos). Ele identificou-se com o compromisso, e depois, como é óbvio, ficou chateado porque podia marcar um golo e eu não lhe dei essa possibilidade. Ainda por cima, o Bas Dost falhou, ainda foi pior (gargalhada).»

Sporting

Mais Sporting

Mais Lidas

Patrocinados