Ivo Vieira e a estratégia em Alvalade: «Arrependo-me profundamente»

30 set, 21:23
Ivo Vieira no Marítimo-Gil Vicente

Técnico do Gil Vicente mostrou-se muito autocrítico com o plano traçado para a partida contra o Sporting

Ivo Vieira, treinador do Gil Vicente, em declarações na flash interview da SportTV2, após a derrota por 3-1 em Alvalade, no jogo inaugural da oitava jornada da Liga:

«O Sporting ganhou porque foi melhor. Não estivemos no jogo por responsabilidade minha. Testámos um plano para tentar anular o jogo interior do Sporting e a profundidade que normalmente conseguem pelos alas. Alterámos a nossa matriz de jogo para tentar estancar numa primeira fase o Sporting e depois sair em transição, mas não conseguimos ter bola. A equipa não foi ofensiva nem pouco mais ao menos. 

Depois alterámos e fomos de encontro à nossa equipa, correndo mais riscos. Mas ao menos tentámos discutir os segundos 45 minutos. A equipa ainda conseguiu fazer um golo na parte final. A estratégica da minha parte não foi a melhor e assumo a responsabilidade.

A ideia não era jogar com uma linha de cinco definida. A quantidade de jogadores que o Sporting coloca na última linha defensiva... Queríamos tirar ímpeto ofensivo e não termos de recorrer à descida de um dos médios. Acabámos por fazê-lo na segunda parte e viu-se espaços, mesmo em ataque continuado, que o Sporting poderia ter aproveitado e aproveitou. Arrependo-me profundamente de ter iniciado o jogo com três centrais e dois laterais. Com bola, a ideia era que os laterais chegassem mais à frente com bola, mas praticamente não rematámos na primeira parte. São estratégias que pensamos que podem surtir efeito, mas tenho de assumir que errei e de forma natural, tentar trabalhar para a próxima luta que vamos ter e pensarmos no que fizemos de menos bom, que foi muito coisa, por culpa minha. Os jogadores estão habituados a um sistema e eu mudei por iniciativa própria. Não correu bem.

Na primeira parte fiquei decepcionado comigo mesmo, não pelo comportamento dos atletas. Eles levaram a nossa ideia e estratégia para o jogo, mas não conseguimos ferir o Sporting. Na segunda parte tivemos um pouco mais de bola, chegámos mais à frente e poderíamos ter tomado melhores decisões no último terço. Com um golo, teríamos entrado no jogo. O Sporting fez o 3-0 e colocou-nos fora do encontro. Se o nosso golo tivesse aparecido mais cedo, poderíamos ter esperança de fazer algo mais. 

A tarefa era difícil perante um adversário forte que jogava em casa e que tem dinâmicas muito interessantes. Não seria fácil mesmo que estivéssemos numa fase muito boa. Queríamos outro resultado e outro jogo para dar continuidade ao nosso crescimento, mas houve mérito do Sporting e muito demérito na estratégia que pensei. O futebol é assim. Perdemos em casa de uma equipa que luta por outros objetivos. Vamos focar no próximo jogo e tentar mostrar outro jogo.»

 

 

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados