«Gyökeres não é uma máquina, a equipa vai aguentando o barco»

Ricardo Jorge Castro , Estádio Municipal de Famalicão, Famalicão
16 abr, 23:15

Famalicão-Sporting, 0-1 (reportagem) | Amorim «apostaria» que o sueco «vai marcar no próximo jogo»

Declarações do treinador do Sporting, Ruben Amorim, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Famalicão, após a vitória por 1-0 ante o Famalicão, em jogo da 20.ª jornada da I Liga:

[Momento de Gyökeres, que não marcou nos últimos cinco jogos:] «Não se passa nada com o Viktor. Continua a fazer o seu trabalho, simplesmente ele não é uma máquina. Teve um rendimento tão grande e nesta parte não está a fazer tantos golos. Os adversários também vão metendo muitos jogadores em cima dele. Mas ele em certas fases conseguia, mesmo com dois ou três jogadores em cima dele, fazer a diferença. E a verdade é que somos uma equipa e, quando o Viktor falha um bocadinho e não nos dá tudo o que nos deu, temos de estar lá também para ele. É um bocadinho o retribuir de toda a época que ele fez, a forma como nos ajudou. Agora que ele está numa fase, em que não é que esteja mal – está bem, não está é a marcar - toda a equipa vai aguentando o barco porque de repente pode marcar e apostaria que vai marcar no próximo jogo.»

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Mais Lidas

Patrocinados