Pelo menos 29 mortos em incêndio em discoteca de Istambul

2 abr, 14:41
Incêndio em discoteca em Istambul (Corpo de Bombeiros de Istambul/EPA via Lusa)

O incêndio terá tido origem em dois pisos da cave do edifício, utilizados para arrumação do espaço noturno situado no rés-do-chão e em fase de remodelação

Pelo menos 29 pessoas morreram esta terça-feira e várias outras ficaram feridas, três delas gravemente, num incêndio que deflagrou numa discoteca em Istambul, na Turquia, avança a CNN Turk, citando fontes da administração local.

Um grande número de bombeiros está já no bairro Gayrettepe, no centro da cidade, onde ocorreu o incêndio, para tentar salvar as pessoas presas no prédio onde está localizado o espaço de diversão noturno.

Segundo a televisão NTV, o incêndio teve origem em dois pisos da cave do edifício de 16 andares, utilizados para arrumação da discoteca, situada no rés-do-chão e em fase de remodelação.

Citado pelo Hurriyet, o governador de Istambul, Davut Gul, afirmou que as vítimas eram trabalhadores da discoteca, que estava encerrada devido ao Ramadão.

No X, o Corpo de Bombeiros de Istambul publicou um vídeo do local do incidente, já depois de o incêndio ter sido extinto.

Também na rede social X, o ministro da Justiça, Yilmaz Tunc, anunciou que foram emitidos cinco mandados de detenção. 

"Estão em curso atividades de investigação do local do crime e de recolha de provas, e uma equipa de três peritos especializados em segurança no trabalho e segurança contra incêndios prossegue os seus trabalhos sobre a causa do incêndio", escreveu Tunc.

"Foi emitido um mandado de detenção para um total de cinco suspeitos, incluindo três pessoas responsáveis pelo local de trabalho, o diretor responsável e uma pessoa responsável pela renovação", completou.

Europa

Mais Europa

Patrocinados