Descoberta em Israel moeda de 1.850 anos com representação de uma deusa romana

Agência Lusa , AM
28 jul, 08:27

Peças estão “extremamente bem preservadas” e algumas são “realmente muito raras”

Uma moeda de bronze com 1.850 anos, "extremamente bem preservada" e com a representação da deusa romana da lua Luna, foi descoberta no mar de Israel, revelou a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA).

O artefacto, encontrado durante escavações na cidade costeira de Haifa, no norte, tem o retrato da deusa Luna acima do símbolo do signo do Caranguejo de um lado, e a cabeça do imperador romano António Pio do outro.

"Esta é a primeira vez que tal peça foi encontrada na costa de Israel", apontou Jacob Sharvit, diretor do departamento de arqueologia marinha da IAA, em comunicado.

A moeda estava num “pequeno tesouro”, juntamente com outras peças, explicou Sharvit à agência France-Presse (AFP), acrescentando que as circunstâncias da descoberta indicam que houve um naufrágio nas proximidades.

Estas peças estão “extremamente bem preservadas” e algumas são “realmente muito raras”.

“A sua descoberta completa partes do quebra-cabeça histórico do passado do país", adiantou ainda.

A moeda da deusa romana foi cunhada durante o governo de Antonino Pio, 138-161 depois de Cristo (d.C.), em Alexandria, Egito, de acordo com a IAA.

A inscrição "ano oito", corresponde ao oitavo ano do reinado do imperador, que ocorreu durante a ‘Pax Romana’, período considerado como uma era de ouro e de relativa tranquilidade do Império Romado.

Ao contrário de seus antecessores, Antonino Pio não era soldado e nunca participou em batalhas, salientou o IAA.

“Construiu templos, teatros, mausoléus magníficos e promoveu a ciência e a filosofia", frisou ainda.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados