Treinador do Man. United 'agarra' Cavani: «Não o vou deixar sair»

2 jan, 15:57
Tottenham-Manchester United (Lusa)

Ralf Rangnick quer manter o uruguaio até ao final da temporada

A poucos meses de terminar contrato, o futuro de Edinson Cavani neste mercado de transferências é uma incógnita, mas o treinador do Manchester United Ralf Rangnick já deixou claro que quer que o uruguaio fique em Old Trafford até ao final da época.

«Ele sabe que eu não o vou deixar sair», disse o técnico dos red devils, citado pela BBC.

O avançado de 34 anos tem assumido mais protagonismo na equipa nos últimos jogos, depois de ter apontado o golo do empate no terreno do Newcastle (1-1) e ter formado dupla de ataque com Cristiano Ronaldo, na vitória ante o Burnley (3-1). Rangnick sublinhou a importância de Cavani.

«Disse-lhe desde o primeiro dia que, para mim, ele é um jogador muito importante. Ele é provavelmente o único que pode jogar como avançado de costas e de frente para a baliza. O seu profissionalismo, a sua ética de trabalho é incrível e eu já lhe disse que queria desesperadamente que ficasse até o final da temporada. Ele sabe o quão importante o acho e respeito. Para mim está claro que o Edi tem de ficar», assumiu.

O treinador do Man. United usou ainda a gestão de Ronaldo para demonstrar a importância de Cavani.

«Não vejo razão para [Cristiano Ronaldo] não ser capaz de jogar três jogos em oito dias. Mas se num jogo precisar de descanso, não há problema, mas então é ainda mais importante ter o Edinson na equipa.»

Cavani chegou a Old Trafford no verão de 2020 e tem contrato até junho deste ano. Em 49 jogos, apontou 19 golos.

Relacionados

Patrocinados