Pérola do Barcelona quer representar a seleção espanhola

18 set 2019, 13:51
Ansu Fati

Jovem de 16 anos é guineense

Ansu Fati, avançado de 16 anos do Barcelona, quer representar a seleção espanhola.

A garantia foi dada por David Gordo, treinador da seleção sub-17 do país vizinho. «Ansu tem a possibilidade de representar outras seleções, mas escolheu a Espanha», disse em entrevista à emissora Cadena Ser.

Utilizado já com regularidade na equipa principal dos catalães, Fati poderá ser chamado para participar o Mundial sub-17, que se realiza no Brasil no próximo mês. Mas há ainda um entrave.

«A Federação está a trabalhar para ter Ansu a jogar no Mundial. Apesar de eu não ter falado com ele pessoalmente, porque ainda não é um jogador selecionável, fui avisado de que ele realmente quer jogar pela Espanha e com seus companheiros do Barça na seleção», apontou David Gordo.

Ansu Fati, que se tornou esta terça-feira no mais jovem jogador de sempre do Barcelona a estrear-se na Liga dos Campeões, nasceu na Guiné-Bissau. Devido às origens familiares, poderia requerer a nacionalidade portuguesa.

Relacionados

Patrocinados