Dani Alves: «Tive uma briga com Ronaldo na gala da Bola de Ouro»

23 set, 18:34
Dani Alves e Cristiano Ronaldo (AP Photo/Emilio Morenatti)

Brasileiro elogiou a capacidade de trabalho do português

Dani Alves travou muitas batalhas com Cristiano Ronaldo e testemunhou de perto as qualidades do avançado português. Agora nos mexicanos do Pumas, o lateral conversou com o companheiro Efríon Velarde num programa de Youtube e teceu rasgados elogios ao capitão da seleção nacional.

«Gosto particularmente do Cristiano. Agora que já não estamos no Barça ou Real Madrid, posso falar, porque quando estávamos lá parecia que não podíamos falar. O Cristiano é um exemplo para todos nós, que não temos tanta qualidade. Mostrou que com muito trabalho também podes competir com os melhores. Ele exemplificou isso. Respeito-o muito e tive a oportunidade de lho dizer», confessou o internacional brasileiro, antes de revelar que teve um desentendimento com CR7 numa gala da Bola de Ouro.

«Houve uma altura em que me aproximei dele para cumprimentá-lo e ele não me cumprimentou, por causa da rivalidade. Houve uma polémica que nunca saiu cá para fora, mas nos bastidores da Bola de Ouro tivemos uma 'briga'. Cumprimentei toda a gente e ele não me cumprimentou por causa do que o Barça-Real Madrid estava a causar.»

«Como não respeitar um tipo que conseguiu tudo baseado no trabalho? Tudo o que eu fiz na minha vida também foi baseado nisso», acrescentou.

Apesar de ter dividido balneário com Messi e de ter uma estreita relação com o argentino, Dani Alves considera-se mais parecido com Ronaldo.

«Se fosse para fazer uma comparação, eu, como jogador, estaria mais próximo do Cristiano do que do Leo. Digo que é mais uma identificação com o Cristiano por causa do trabalho. Foi o que fiz toda a minha vida: trabalhar para chegar onde cheguei. Não era puro talento. Era o talento percentual, mas a coisa mais importante era o trabalho. E é isso que o Cristiano faz. Ele tem talento, sim, ele tem talento. Mas o trabalho dele é o que o faz competir com Messi e qualquer outra pessoa», rematou.

Relacionados

Patrocinados