No Ronaldo, no party: Al Nassr empata e pode ver Al Hilal fugir no topo

29 fev, 19:18
Talisca a beijar o símbolo do Al Nassr (foto: @AlNassrFC_EN)

Equipa de Luís Castro não conseguiu vencer o último classificado. Suspenso, Cristiano Ronaldo viu tudo a partir das bancadas

Graças a um golo já em tempo de descontos, o Al Nassr empatou na receção ao Al Hazm (4-4), esta quinta-feira, em jogo da 22.ª jornada da liga saudita.

A equipa de Luís Castro não pôde contar com Cristiano Ronaldo, suspenso devido a um gesto obsceno na jornada anterior. Ainda assim, o internacional português esteve na bancada a vibrar com os colegas de equipa e foi muito saudado pelos adeptos, que até entoaram o seu nome ao minuto 7, tendo o avançado luso agradecido de imediato.

Por outro lado, Otávio foi titular no Al Nassr, enquanto Tozé começou de início nos visitantes e envergou a braçadeira de capitão.

O Al Nassr teve uma partida desinspirada e deixou a olho nu os problemas defensivos que arrasta desde o início da temporada.

O jogo começou num ritmo lento, apesar do maior domínio da posse de bola por parte dos anfitriões. O primeiro lance de perigo surgiu aos 24 minutos, quando Tozé teve um golo anulado por fora de jogo.

Apesar da má primeira parte, o Al Nassr chegou ao intervalo a vencer, graças ao penálti cobrado por Talisca em cima da meia hora, que mereceu a aprovação de Ronaldo nas bancadas.

Embora não tenha conseguido esconder as evidentes limitações, o Al Hazm não se inibiu de atacar e conseguiu causar muitos estragos na linha defensiva da equipa de Luís Castro, tendo chegado ao empate aos 55 minutos, na sequência de um pontapé de canto.

Contudo, Talisca chegou ao bis aos 62 minutos, numa conclusão à ponta de lança e colocou os anfitriões novamente na frente.

Ao contrário do primeiro tempo, o jogo entrou num ritmo frenético e o Al Hazm voltou a responder. A bandeirola subiu aos 66 minutos para anular um golo a Tozé, mas, após revisão no VAR, o lance do ex-FC Porto, Estoril, V. Guimarães e Moreirense foi mesmo validado.

O Al Nassr respondeu logo a seguir, com o hat trick de Talisca, após cruzamento de Alex Telles (72m), mas o último classificado da liga saudita voltou a empatar a cinco minutos dos 90, por Selemani.

Já em tempo de descontos, após uma má abordagem do guarda-redes do Al Hazm, Sadio Mané encarregou-se de bater um penálti e fez o 4-3, aos 90+1m. A vitória parecia assegurada para o Al Nassr, até que os visitantes beneficiaram de mais um canto e voltaram a empatar. Depois de um desvio ao primeiro poste, Paulo Ricardo apareceu na área a encostar no 10.º minuto do tempo de compensação.

Desta forma, o Al Nassr interrompe o ciclo de nove vitórias consecutivas e pode atrasar-se na corrida pelo título: é segundo classificado, com 53 pontos, menos seis do que o Al Hilal de Jorge Jesus, que defronta o Al Ittihad na sexta-feira.

Relacionados

Patrocinados