Inglaterra: Wolverhampton de Lage sofre derrota pesada em casa

30 abr 2022, 16:56
Wolverhampton-Brighton (Zac Goodwin/PA via AP)

«Wolves» desperdiçam a oportunidade de igualarem o West Ham no sétimo lugar, que dá acesso à Liga Conferência

O Wolverhampton foi surpreendido esta tarde na receção ao Brighton, ao perder por 3-0, em jogo da jornada 35 da Premier League.

No Mollineux, o técnico dos wolves, Bruno Lage, deu a titularidade a cinco portugueses – José Sá, Nélson Semedo, Rúben Neves, João Moutinho e Fábio Silva –, e os cinco viram a formação visitante abrir o marcador ao minuto 42.

Foi Alexis Mac Allister, de penálti, o autor do golo, ele que havia falhado um castigo máximo cerca de dez minutos antes.

Na segunda parte, já com outro português em campo, Pedro Neto – entrou para o lugar de Rúben Neves –, o Brighton ampliou a vantagem, com um golo de Leandro Trossard, e fechou as contas a quatro minutos dos 90, por Bissouma.

Nélson Semedo, refira-se, saiu também nos primeiros minutos da segunda parte por lesão.

Com este resultado, o Wolverhampton falha a hipótese de igualar o West Ham no sétimo lugar, que dá acesso à Liga Conferência. A Europa fica assim mais complicada para Lage e companhia com quatro jogos por disputar.

Já o Brighton está logo atrás do wolves, com menos cinco pontos, ou seja, 44.

Em Birmingham, o Aston Villa deu um importante passo para garantir a permanência – só uma hecatombe poderá atirar os villans para o Championship nas últimas jornadas –, ao vencer em casa o Norwich, lanterna-vermelha, por 2-0. Os «canários» confirmaram a descida com este desaire.

Ollie Watkins, aos 41 minutos, fez o primeiro golo do encontro, Danny Ings «matou» o jogo aos 90+3 minutos.

Ainda na luta pela permanência, o Burnley deixou à condição a zona de descida com um triunfo em casa do Watford, penúltimo classificado, por 2-1.

Tarkowski, aos oito minutos, fez um autogolo que deu vantagem aos hornets, mas o conjunto forasteiro deu a volta nos últimos minutos: Jack Cork empatou aos 83 minutos e Josh Brownhill completou a reviravolta três minutos volvidos.

Em Southampton, a equipa local perdeu na receção ao Crystal Palace (2-1). Oriel Romeu deu vantagem aos saints aos nove minutos, Eberechi Eze empatou no início do segundo tempo e Wilfried Zaha fez o segundo nos descontos.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados