Incêndio na Samardã, Vila Real, “está a aproximar-se” de posto de combustível

Agência Lusa , CF
21 ago, 17:12

Há operacionais destacados e de prevenção junto ao posto de combustível, que corre perigo com a possibilidade de "mudança de direção de vento"

O incêndio na localidade de Samardã, em Vila Real, “está a aproximar-se” de um restaurante, um posto de combustível e “algumas habitações”, estando a ser combatido por mais de 300 operacionais, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Segundo fonte dos Bombeiros Voluntários Cruz Branca, “há operacionais destacados e de prevenção junto ao posto de combustível e, para já, embora esteja próximo, [o fogo] não está direcionado para aquela zona”.

"O perigo pode estar na mudança de direção do vento", explicou.

A página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) detalhava às 15:45 que estavam no local 306 operacionais, apoiados por 89 veículos e três aeronaves.

O alerta para aquele incêndio foi dado às 07:03.

Portugal entrou este domingo, às 00:00, em situação de alerta devido ao “agravamento do risco de incêndio rural" e ao aumento das temperaturas, após semanas com fogos que, só na serra da Estrela, destruiu mais de 28 mil hectares.

A situação de alerta, anunciada na sexta-feira, mas formalizada no sábado, por decisão dos ministérios da Administração Interna, Defesa Nacional, do Trabalho, da Saúde, do Ambiente e da Agricultura, prevê medidas extraordinárias e será reavaliada pelo Governo na segunda-feira.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados