Marcelo (Real Madrid) anuncia compra do Mafra: «Bom negócio»

27 dez 2021, 20:08
Marcelo (AP)
Marcelo (AP)

Futebolista brasileiro diz que entrou na estrutura da SDUQ do clube da II Liga, através da empresa DOZE. Explica que ideia é o Mafra servir de «vitrine» para jogadores brasileiros, oriundos do Azuriz

PUB

O futebolista brasileiro do Real Madrid, Marcelo, afirmou esta segunda-feira que entrou, através da sua empresa, a DOZE, na estrutura da Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ) do Mafra, clube da II Liga portuguesa de futebol. Em junho, o Maisfutebol já tinha dado conta da possibilidade de fusão entre as partes.

«A nossa aquisição mais recente foi o Mafra, clube da II Liga do campeonato português. A ideia é implementar nele uma estrutura que nos permita dar um salto no mercado europeu», afirmou o lateral-esquerdo, em declarações à TNT Sports Brasil, explicando que isso seria feito numa ligação com o Azuriz, clube do Brasil que disputa o Campeonato Paranaense e que foi adquirido em 2017 por Marcelo.

PUB

«Assim, temos o Azuriz a formar atletas e o Mafra a funcionar como uma vitrine para esses jogadores na Europa. Estamos só a começar, vem muita coisa por aí nos próximos anos. Vimos no Mafra um potencial de conexão entre os mercados europeu e brasileiro. Muitas equipas da segunda liga europeia têm dificuldade em aceder ao mercado brasileiro e o Mafra, sendo do mesmo grupo que o Azuriz, forma um elo perfeito. Foi um bom negócio. Mesmo com a sua pequena estrutura, o Mafra estava bem organizado financeiramente e sem dívida. Agora, estamos a investir na sua infraestrutura e temos a expectativa de que alcance o breakeven já em 2023», detalhou Marcelo.

PUB
PUB
PUB

A DOZE é uma holding (uma espécie de empresa-mãe) que alberga outras empresas das «frentes de negócios» de Marcelo. «A minha participação societária, tanto no Azuriz como no Mafra, atualmente está a ser representada pela DOZE, holding que estou a estruturar e que tem inauguração marcada para o início de 2022», disse o internacional brasileiro de 33 anos, anunciando ainda que o Mafra «representa o início no mercado europeu», ao ser a «primeira aquisição» do grupo.

«Os planos agora são para a aquisição de mais um clube, com uma massa adepta grande e com tradição. Isso deve acontecer no segundo semestre de 2022. A nossa ideia é que esse novo clube seja complementar aos que já possuímos, para que um jogador formado no Azuriz e adquirido pelo Mafra, depois possa ser comprado por esse clube», explicou.

Marcelo referiu ainda que, quando entrou na estrutura do Azuriz em 2017, que o objetivo era tornar o clube uma «referência em formação de atletas» para agora «colher frutos» do trabalho iniciado há quatro anos. «Podemos dizer que estamos num processo de expansão, agora com o meu grupo DOZE, a representar os meus interesses», apontou.

PUB
PUB
PUB

Para esta época, já houve mesmo um jogador a chegar ao Mafra oriundo do Azuriz: trata-se do guarda-redes brasileiro de 24 anos, Renan Bragança.

O Mafra ocupa o oitavo lugar na II Liga e está nos quartos de final da Taça de Portugal.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

PR Marcelo

Mais PR Marcelo

Patrocinados