Gwyneth Paltrow absolvida: vai receber 92 cêntimos de indemnização e desejou à suposta vítima "tudo de bom"

CNN Portugal , MCP
31 mar 2023, 11:35
Gwyneth Paltrow (Getty)

A atriz foi considerada inocente da acusação de que era alvo, na sequência de um acidente de esqui, em 2016

Depois de oito dias de audiências perante o tribunal de Park City, nos Estados Unidos, Gwyneth Paltrow foi absolvida da acusação de que era alvo, na sequência de um acidente numa estância de esqui, que ocorreu em 2016. Foi-lhe ainda atribuído um dólar (92 cêntimos) de indemnização, valor simbólico que a atriz exigiu no arranque do processo.

Terry Anderson, de 76 anos, processou a atriz por tê-lo deixado caído na neve, depois de embater nele e exigiu uma indemnização de 300 mil euros - quase um décimo dos 3 milhões pedidos inicialmente - por danos físicos e emocionais. 

Nas alegações finais, os advogados do optometrista argumentaram que o homem deveria ser compensado por uma lesão cerebral permanente que mudou a sua personalidade e afetou o seu prazer de viver. “Estes deveriam ser os anos dourados dele”, justificaram.

Após mais de uma semana de depoimentos e duas horas de deliberações, o júri determinou por unanimidade que, ao contrário do que o septuagenário alegou, Paltrow tinha toda a razão e este teve “100% de culpa” no embate.

A atriz, que desde o início negou as acusações, exigiu um “dólar simbólico” (92 cêntimos) de indemnização pelo transtorno. 

“Estou satisfeita com o resultado”, disse Gwyneth Paltrow, de 50 anos, em comunicado à imprensa. “Senti que concordar com uma alegação falsa comprometia a minha integridade”, defendeu.

O advogado de Paltrow, Stephen Owens, apontou que a atriz tem um histórico de defesa daquilo em que acredita e que “este caso não foi diferente”. “A coisa mais fácil para a minha cliente teria sido preencher um cheque e pronto. Mas que lição isso daria aos seus filhos? É errado, é realmente errado. Ele magoou-a e quer dinheiro o dela”, afirmou.

Quando saiu do tribunal, Gwyneth Paltrow despediu-se de Terry Sanderson e disse-lhe: "Desejo-lhe tudo de bom".

Relacionados

E.U.A.

Mais E.U.A.

Mais Lidas

Patrocinados