Caça russo lança míssil em interação com aeronave britânica. Moscovo fala em "falha técnica"

20 out, 13:56
RAF RC-135 Rivet Joint (Força Aérea Reino Unido)

Incidente ocorreu a 29 de setembro mas só agora foi revelado

O ministro da Defesa do Reino Unido revelou, esta quinta-feira, que um caça russo terá acidentalmente disparado um míssil durante uma interação com um avião britânico. Ainda assim, classificou o acontecimento como "potencialmente perigoso".

De acordo com a agência Reuters, que cita Ben Wallace, o incidente aconteceu a 29 de setembro, quando a aeronave britânica patrulhava o espaço aéreo internacional sobre o Mar Negro, perto da Ucrânia. Na altura, o ministro fez chegar toda a informação ao parlamento e suspendeu as patrulhas. 

Ben Wallace informou ainda o seu homólogo russo, Sergei Shoigu, das suas preocupações em relação a este incidente. Segundo o ministério da Defesa do Reino Unido, um "RAF RC-135 Rivet Joint desarmado" foi intercetado por dois SU-27 russos armados, tendo um deles lançado um míssil. Esta interação durou cerca de 90 minutos. 

Num esclarecimento ao ministério britânico, enviado a 10 de outubro, Sergei Shoigu disse que foi feita uma investigação para apurar o que tinha acontecido e concluiu-se que se tinha tratado de uma "falha técnica". 

"Também reconheceram que o incidente ocorreu no espaço aéreo internacional", disse Ben Wallace no parlamento. O Reino Unido retomou, entretanto, as patrulhas no espaço aéreo, mas sempre escoltadas por caças.

Europa

Mais Europa

Patrocinados