DGS apela aos portugueses para voltarem a usar máscara mas não vai mudar as regras

19 mai, 20:21

Por enquanto é só uma recomendação e não uma obrigação, diz Graça Freitas

Graça Freitas recomendou esta quinta-feira, em entrevista à TVI (órgão do mesmo grupo da CNN Portugal), o uso da máscara no dia-a-dia, sobretudo em ambientes fechados. Confrontada com o aumento de casos de covid-19 - consequência da nova linhagem da Omicron -, a diretora-geral de Saúde revela que nunca deixou de usar este equipamento de proteção. 

"Máscara? Tenho-a aqui no bolso e tenho-a usado sempre", afirmou Graça Freitas.

Mas não é só o uso da máscara que a diretora-geral de saúde defende: "Todas as medidas devem ser aconselhadas", refere, reiterando que uma "recomendação é suficiente": "Qual é a diferença entre uma obrigação e uma recomendação? É sempre uma boa prática: uma tem um carácter mais vinculativo".

60 mil casos diários dentro de duas semanas

Na entrevista conduzida por José Alberto Carvalho, Graça Freitas confirmou que Portugal pode atingir os 60 mil casos diários de covid-19 em duas semanas e mais de 50 óbitos diários.

"Esta é uma sexta vaga da pandemia", assumiu a Diretora-geral de Saúde, "não só pela dimensão dos casos", como também "pela nova linhagem da Ómicron".

E, sobre a linhagem BA.2, Graça Freitas destaca duas características negativas e uma positiva: por um lado "transmite-se mais e tem a capacidade de escapar ao sistema imunitário", mas "felizmente não é mais grave que as outras".

Já sobre a vacinação, a DGS não prevê uma dose de reforço a toda a população. Isto porque, refere a diretora-geral, a vacinação universal obteve bons resultados: "Uma coisa é a capacidade que uma vacina tem de proteger com a infeção, outra é proteger contra a doença grave. Estas vacinas a serem administradas são capazes de evitar doença grave - como internamento, UCI ou morte"

"Agora é necessário ir à população mais vulnerável", indica Graça Freitas, alertando que "vamos ter uma onda previsível no inverno". "20% dos lares elegíveis já foram vacinados. O processo tem estado a correr bem e vai intensificar-se nos próximos dias", adiantou-

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados