Ataque no noroeste da Nigéria faz cerca de 200 mortos

9 jan, 09:36
Militar nigeriano
Militar nigeriano

O massacre aconteceu dias depois da zona de Zamfara, no noroeste da Nigéria, ter sido alvo de um ataque aéreo.

PUB

Cerca de 200 pessoas foram assassinadas em Zamfara, no noroeste da Nigéria. O massacre foi levado a cabo por homens armados, localmente chamados de bandidos, e aconteceu dias depois da região ter sido alvo de um ataque aéreo por parte de militares para combater os ataques que têm vindo a ser levados a cabo por esse grupo de criminosos.

O relato do sucedido e o número avançado de óbitos foram avançados à agência Reuters pelos residentes locais que regressaram às suas aldeias depois de ter sido feito um enterro em massa. Entretanto, o governo já confirmou que o número de vítimas mortais ronda os 200.

PUB

A guerra entre os militares e os grupos de criminosos tem-se intensificado nos últimos dias. A própria agência noticiosa tinha já relatado na sexta-feira que, pelo menos, 30 pessoas foram mortas na área do governo local de Anka, em Zamfara, quando mais de 300 homens armados invadiram oito vilas pequenas e começaram a disparar. Dias antes, na segunda-feira, os militares deram azo a um ataque aéreo contra alvos na floresta de Gusami e em Tsamre, no também em Zamfara, tirando a vida a mais de 100 bandidos, incluindo dois dos seus líderes.

PUB
PUB
PUB

Muhammadu Buhari, presidente da Nigéria, afirmou no sábado que os militares do país adquiriram mais equipamentos para conseguirem encontrar e matar os gangues de criminosos que têm espalhado o terror em algumas comunidades do país.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

África

Mais África

Patrocinados