FIFA autoriza Portugal a divulgar as explicações do VAR nos estádios

18 jan, 11:54
Inovação que marcou a década, e não apenas por cá. Portugal, o país onde discutir decisões dos árbitros é uma espécie de desporto nacional, foi pioneiro. O recurso ao vídeo-árbitro foi rapidamente implementado na Liga, a partir de 2017/18, na esperança de que viesse reduzir o ruído. Mas o VAR, ainda que possa evitar muitos erros, não acaba com eles. Mudou a forma como vemos futebol, pôs o mundo a discutir centímetros e não fica por aqui, a UEFA já admitiu rever o processo. Até aceitarmos que o futebol também é erro, e mesmo dúvida.

Federação quer avançar com fase pioneira de testes

A FIFA autorizou o Conselho de Arbitragem, da Federação Portuguesa de Futebol, a avançar com a comunicação, em tempo real nos estádios, das explicações das decisões do árbitro tomadas com recurso ao VAR.

Ou seja, Portugal tem autorização da FIFA para passar uma comunicação do árbitro a explicar as decisões tomadas com recurso ao VAR, através da  instalação sonora dos estádios, em tempo real, a partir de agora.

No entanto, ainda não é certo, segundo o Maisfutebol conseguiu saber, quando essa divulgação vai começar, uma vez que há questões técnicas que é preciso garantir primeiro, para que não haja falhas.

De qualquer das formas, a autorização que a FIFA deu foi para Portugal avançar com uma fase de testes, pelo que neste primeiro momento a divulgação das comunicações acontecerá apenas em alguns jogos específicios.

Recorde-se que esta é uma ambição antiga da Federação Portuguesa, que já tinha manifestado há vários meses a vontade de ser pioneira nos jogos domésticos esta temporada.

A nível internacional, a FIFA já divulga as conversas entre os árbitros em algumas competições que organiza, tendo acontecido por exemplo recentemente nos mundiais feminino e de clubes de 2023.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados