De ver a Champions aos seis anos à tropa no Irão: as lembranças de Taremi

7 dez 2021, 12:05
FC Porto-Milan (Estela Silva/LUSA)
FC Porto-Milan (Estela Silva/LUSA)

Avançado do FC Porto esteve em destaque na magazine da UEFA

PUB

Mehdi Taremi recordou um pouco da sua história à UEFA. O avançado do FC Porto esteve em destaque na magazine da Champions League e ali contou como tudo começou para ele.

«Quando comecei a jogar futebol, com seis anos, via sempre a Liga dos Campeões. os jogos começava tarde no Irão», começou por dizer. «O meu primeiro clube foi na minha cidade natal e tudo o que sei de futebol devo ao meu pai», prosseguiu. «Foi aí que tudo começou e comecei a jogar pela equipa principal», acrescentou Taremi.

PUB

Depois, o avançado portista teve de parar. «Tive de fazer o serviço militar obrigatório e durante 18 meses estive afastado do futebol. É a lei no Irão», contou.

«Mudei-me para o Persepolis depois e nem queria acreditar. O Persepolis é um clube enorme no Irão, foi inacreditável. Daí, parti para a Europa e aconteceram muitas coisas boas», afirmou.

Taremi recordou ainda que tentou «vários pontapés de bicicleta no Persepolis», mas que «alguns foram ao poste, outros para fora», longe da baliza.

«Mas disse a mim mesmo que um dia ia marcar um golo importante de 'bicicleta'», declarou, ele que apontou o melhor da Champions da época passada.

PUB
PUB
PUB

«Tento sempre alcançar algo para lá da minha carreira, sinto-me satisfeito com o que fiz até agora, desde a minha infância até agora. Estou muito orgulhoso e muito feliz pelo que me aconteceu. Em miúdo, nunca quis ser como outro jogador, quis sempre ser o Mehdi Taremi», concluiu.

 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados