Conceição: «Wendell? É uma emoção grande para um jogador de 30 anos»

2 mar, 14:15

Treinador comentou a chamada do lateral-esquerdo à seleção do Brasil e soltou um desabafo na véspera do Clássico com o Benfica

Em virtude das boas prestações ao serviço do FC Porto, Wendell foi convocado para a seleção do Brasil. A chamada do lateral-esquerdo ao Escrete mereceu um comentário de Sérgio Conceição, na conferência de imprensa de antevisão ao Clássico frente ao Benfica.

«Fiquei eu, o clube e os colegas muitos felizes. É uma emoção grande para um jogador de 30 anos, que esteve sete ou oito anos na Bundesliga, uma das Ligas mais competitivas do mundo, e foi no FC Porto que conseguiu [ndr: Wendell já tinha sido chamado pelo Brasil em 2016 sem se estrear]. O Wendell evoluiu muito e é diferente daquele que chegou. Estou muito feliz, desde o tempo do Olhanense com o Yontcha e o Ogu na Académica, foram dezenas de jogadores que se estrearam nas seleções com esta equipa técnica. Fico muito feliz e é sempre assim com toda a gente. O Wendell, além de grande profissional, é muito acarinhado no balneário. Estou muito feliz por ele», referiu.

O fim da conversa com os jornalistas ficou marcado por um «desabafo» de Conceição em relação à geração de jogadores mais novas.

«A grande luta dos treinadores é a questão emocional, a mentalidade. Hoje é diferente do que era há uns anos. Os jogadores têm pessoas a trabalhar com eles na comunicação, têm dezenas de pessoas à volta, sentem-se muito protegidos. Há alguma fragilidade emocional. Estou em tom de desabafo porque é a realidade, é um aspeto difícil e é difícil antecipar essa mentalidade. Seria algo que os beneficiaria de forma incrível. Qualidade eles têm, caso contrário não estavam no FC Porto. (...)  Há a mentalidade, e essa mentalidade advém de alguma dificuldade no percurso para uns, para outros de uma ambição intrínseca que têm, e outros que não têm isso e é preciso incutir-lhes. É um processo difícil, mas faz parte da nova geração. Há outras coisas boas. Isto foi quase um desabafo, nem foi bem uma resposta», disse, entre risos.

O treinador concluiu a conferência com a revelação de que teve «38 graus de febre» e que estava com «tremeliques, mas não por causa do jogo». O Clássico entre FC Porto e Benfica joga-se este domingo, às 20h30, no Dragão e pode seguir tudo, aqui.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Mais Lidas

Patrocinados