Evangelista: «Sporting tem mais um dia de descanso, mas não temos medo»

15 abr, 16:39
Armando Evangelista, treinador do Famalicão (MANUEL FERNANDO ARAUJO/LUSA)

Treinador fala num Famalicão «moralizado» poucos dias depois do empate no Dragão

A equipa do Famalicão vai apresentar-se «moralizada» frente ao Sporting, esta terça-feira, no jogo em atraso da 20.ª jornada da Liga, depois do empate que impôs ao FC Porto (2-2), em pleno Dragão, assegurou esta segunda-feira o treinador Armando Evangelista

Pouco mais de dois meses depois do adiamento da partida, devido à falta de policiamento, Famalicão e Sporting acertam o calendário da I Liga, com a possibilidade dos leões reforçarem ainda mais a liderança.

Com menos um jogo, a equipa de Ruben Amorim está no primeiro lugar, com quatro pontos de vantagem sobre o Benfica e quinze sobre FC Porto e Sp. Braga.

Apesar disso, Armando Evangelista não pretende facilitar a tarefa do líder e revelou, em conferência de imprensa, que o objetivo é tentar manter os níveis de qualidade que têm vindo a apresentar nos últimos encontros.

«Vamos procurar, dentro daquilo que temos vindo a fazer, continuar a acrescentar qualidade aos momentos em que já temos de qualidade. Se conseguirmos, vamos continuar a ser competitivos, a procurar vitórias e a dignificar o nosso clube. É esta responsabilidade que procuramos ter», afirmou.

O treinador revelou depois que a equipa preparou-se para este encontro com mais confiança depois do empate alcançado no Estádio do Dragão, mas tem consciência que o adversário, que foi vencer ao terreno do Gil Vicente por 4-0, também está muito moralizado.

«Os bons resultados, o que fizemos até agora, ajudam, claro que sim, porque colocam o estado anímico dos nossos jogadores elevado, muito mais predispostos para ouvir e para assimilar, sem dúvida», referiu o técnico.

No entanto, Armando Evangelista enalteceu também o momento leonino que, mesmo que empate, assegura desde já o segundo lugar, assim como uma vaga na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões da próxima época. «Sabemos que, do outro lado, temos um Sporting moralizado. E de que forma? Naquilo que eles têm feito. Compete-nos a nós contrariar isso mesmo», admitiu Evangelista.

O treinador do Famalicão mostrou-se ainda consciente das dificuldades que terá pela frente no jogo que está marcado para as 20h15. «Estamos a falar do atual líder, um plantel com internacionais portugueses e não só, melhor marcador do campeonato, centrais de seleção. Só isto quer dizer muita coisa acerca da qualidade do nosso adversário, que tem muito valor. Hoje é o que me preocupa, mas amanhã será outro adversário», completou.

Por seu lado, o Famalicão não perde há quatro jogos e Armando Evangelista salientou o desempenhou da equipa nos últimos jogos. «A evolução é notória, se assim não fosse não estaria aqui a fazer nada. Isso vê-se em termos de organização, os comportamentos foram assimilados em termos de filosofia de jogo. Não é fácil em três semanas de trabalho passar toda uma panóplia de comportamentos, mas há uma série deles que estão vincados e que se notam em campo», referiu.

O treinador da equipa de Famalicão lamentou ainda o pouco tempo que teve para preparar este jogo. O Sporting jogou em Barcelos no sábado, enquanto o Famalicão jogou no Dragão no domingo. Tem, portanto, menos um dia de descanso. «É óbvio que gostaria de ter mais tempo para recuperar os índices físicos, mas é o tempo que temos. Costumo dizer que, perante dificuldades, temos de procurar soluções. É o que fazemos aqui, criar soluções para os que jogarem amanhã estejam na melhor forma física. Sabemos que o nosso oponente está em vantagem pelo dia de descanso extra, mas não temos medo», destacou ainda.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Mais Lidas

Patrocinados