"Um completo mistério": estátua romana com 2.000 anos descoberta num parque de estacionamento no Reino Unido

CNN , Amy Woodyatt
29 mar, 11:00
Homem encontra estátua em parque de estacionamento no Reino Unido (Burghley House, CNN)

A antiguidade foi encontrada na propriedade rural de Burghley House e pertencia ao conde que habitava na mesma. Não se sabe, no entanto, como é que a estátua acabou enterrada no solo do parque de estacionamento

Uma estátua romana com cerca de 2.000 anos foi descoberta por trabalhadores da construção civil que estavam a construir um parque de estacionamento no Reino Unido.

O condutor de escavadoras Greg Crawley descobriu a cabeça de mármore de uma mulher romana na propriedade rural do século XVI Burghley House, em Peterborough, Inglaterra, no ano passado, enquanto procedia a obras de renovação.

Duas semanas mais tarde, foi também encontrado um busto perto do local do achado original e as relíquias foram limpas, examinadas e remontadas por um conservador, que datou a escultura do século I ou II.

Os peritos notaram que foi acrescentada uma cavilha de ferro à estátua, permitindo-lhe ser fixada a um busto ou a um pedestal - uma adaptação que era historicamente levada a cabo por vendedores italianos de antiguidades durante o final do século XVIII, quando vendiam artigos a aristocratas que viajavam em Itália.

Greg Crawley encontrou a cabeça da estátua antiga enquanto construía um parque de estacionamento. (Casa Burghley, CNN)

"Acredita-se que foi durante uma das duas viagens do nono conde a Itália na década de 1760, quando comprou muitas antiguidades, que ele trouxe a escultura de volta a Burghley", disse a casa num comunicado.

Brownlow Cecil, o nono Conde de Exeter, herdou o título em 1754 e era um ávido viajante e colecionador de belas artes, de acordo com a propriedade.

No entanto, a propriedade não tem a certeza de como a cabeça e o busto acabaram enterrados no solo do parque de estacionamento, chamando-lhe um "completo mistério".

A Casa de Burghley referiu que "as explicações podem ir desde um roubo mal sucedido até ao facto de alguém se ter simplesmente desfeito da estátua e esta ter sido mais tarde coberta por terra".

O condutor da escavadora, Crawley, afirmou que foi uma "sensação espantosa ter encontrado algo tão antigo e especial" e classificou a descoberta como a sua "melhor descoberta de sempre".

"Tive um verdadeiro choque quando o balde da escavadora rolou sobre o que eu pensava ser uma grande pedra para revelar um rosto", disse Crawley no comunicado da Burghley House.

"Não conseguia acreditar quando me disseram que era uma estátua de mármore romana", acrescentou.

A estátua será agora exposta ao lado de outras estátuas colecionadas pelo nono conde na Burghley House.

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados