Estados Unidos deixam de exigir teste covid a passageiros de voos internacionais

10 jun, 16:38
Covid-19 nos Estados Unidos

Medida entra em vigor à meia-noite de domingo

Os Estados Unidos vão deixar de exigir o teste à covid-19 aos passageiros de voos internacionais. Esta era uma das últimas medidas de contenção e de controlo da pandemia que ainda estava em vigor. 

De acordo com a CNN Internacional, a medida entra em vigor à meia-noite de domingo. 

O assessor de imprensa da Casa Branca, Kevin Munoz, fez uma publicação no Twitter a confirmar a mudança.

A decisão de suspender a exigência de testes foi tomada depois de os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês) terem determinado que já não era necessário. A medida vai ser reavaliada daqui a 90 dias e, se as autoridades de saúde entenderem que é melhor dar-se um passo atrás, esta volta a ser restabelecida.

Segundo um alto funcionário da administração Biden, o governo norte-americano vai trabalhar de perto com as companhias aéreas para que esta transição seja suave.

Esta era uma medida que já estava a ser fortemente criticada pela indústria do turismo e pelas próprias companhias aéreas por estar desatualizada há meses. Os Estados Unidos eram dos poucos países que mantinham esta regra em vigor. 

Os democratas também defenderam o levantamento da medidas nas últimas semanas.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados