Em lágrimas, Adele anuncia adiamento de concertos: "Metade da minha equipa está com covid-19"

21 jan, 15:56
Adele

Houve quem tivesse pago mais de quatro mil euros por um bilhete. Novas informações são esperadas em breve e a cantora mostrou-se "embaraçada e arrependida" por todos os que já tinham viajado para Las Vegas

A cantora Adele anunciou na noite desta quinta-feira o adiamento dos concertos que estavam previstos para Las Vegas e que deviam ter início na noite desta sexta-feira. 

Através de um vídeo publicado no Instagram, em que aparece visivelmente emocionada, chegando a chorar, Adele diz que a equipa "tentou de tudo para conseguir cumprir o programa", mas que foi "absolutamente destruída por atrasos e pela covid-19".

"Peço muitas desculpas, mas o espetáculo não está pronto. Metade da minha equipa está com covid-19. Ainda estão, e é impossível acabar o espetáculo. Não posso dar-vos o que tenho agora, e estou desolada".

Os bilhetes para uma série de espetáculos que iriam ocorrer entre 21 de janeiro e 16 de abril no The Colosseum, no Caesars Palace, foram vendidos por valores recorde no mês de dezembro. Por isso mesmo, e lembrando as várias pessoas que já tinham viajado para a cidade, a cantora pediu desculpa que a informação tenha sido partilhada "no último minuto", acrescentando que a organização esteve até àquela altura a tentar resolver o problema.

"Estamos acordados há mais de 30 horas a tentar resolver isto, e ficámos sem tempo. Estou tão chateada, e estou mesmo embaraçada e arrependida por todos os que viajaram", afirmou.

Era previsto que Adele atuasse a 21, 22, 28 e 29 de janeiro, a 4, 5, 11, 1, 25 e 26 de fevereiro, a 4, 5, 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de março e a 1, 2, 8, 9, 15 e 16 de abril, num total de 24 datas que foram esgotadas em tempo recorde - seis horas -, valendo à cantora cerca de 2,2 milhões de dólares (cerca de 1,9 milhões de euros) por espetáculo, num total de 100 mil bilhetes, muito mais que os anteriores valores máximos: Céline Dion tinha arrecadado 539 mil e 654 mil dólares (perto de 474 mil e 576 mil euros) nos seus anteriores concertos anteriores no mesmo local.

Com uma lotação máxima de 4.200 espectadores, o espetáculo foi vendido por preços entre os 85 e os 600 dólares (cerca de 74 e 528 euros), para as bancadas, e entre 860 e 5.000 mil dólares (entre 757 e 4.410 euros) para a plateia.

Na mensagem que acompanhou o vídeo, Adele promete novas datas para breve.

O Caesars Palace também reagiu, compreendendo o "desapontamento" do adiamento.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Música

Mais Música

Patrocinados