Estas imagens mostram um Dubai nunca visto

CNN , Nadia Leigh-Hewitson
25 set, 10:00

Com tons azuis como centáureas, tons rosa como algodão-doce e tons laranja como abóboras, as imagens do fotógrafo Preet Uday do Dubai evocam uma nostalgia agridoce. 

A maioria dos fotógrafos prefere mostrar o luxo e a vasta dimensão pelo qual o Dubai é conhecido atualmente, desde arranha-céus colossais a dunas de areia imponentes e linhas costeiras arrebatadoras, mas os fãs de Preet Uday dizem que as suas imagens peculiares os fazem lembrar uma era mais delicada. 

Segundo Uday, tem sido contactado por pessoas de todo o mundo que partilham o mesmo sentimento. "Dizem que as imagens as fazem recordar outros tempos", disse. "Dá-lhes uma sensação de aconchego, de felicidade. Faz-lhes lembrar a infância, e isso é um sentimento global, não apenas no Dubai." 

Um Dubai diferente 

Em contraste com o aço futurista e o vidro que compõem a cidade, Uday capta momentos calmos e modestos. Não se propôs mostrar outro lado da cidade, apenas aconteceu com naturalidade. Originário de Secunderabad, no centro-sul da Índia, Uday, de 46 anos, mudou-se para o Dubai no início dos anos 2000. 

“Cresci na década de 90, portanto, sou influenciado inconscientemente por essa época,” disse. 

Uday diz que gosta que o seu trabalho torne a localização abstrata, mostrando apenas uma pequena parte de uma cena mais ampla, algo que engloba uma emoção universal ou anseio, ao reter uma intangibilidade geográfica. "Há um surrealismo nisso, parece outro lugar", disse. 

As suas imagens transmitem uma estranha sensação de alteridade, de outro lugar ou de outra época. Talvez esta seja a fonte de nostalgia que parecem criar, ou talvez se deva a todos os carros clássicos que fotografa. Uday diz que, apesar de não ser um entusiasta de carros clássicos, adora o seu design e estética, e normalmente encontra, pelo menos, um carro antigo sempre que vai fotografar na cidade. 

Uday tem um gosto por carros clássicos, que encontra escondidos por toda a cidade entre os supercarros brilhantes (Preet Uday) 

Um foco mais suave 

Sendo um fotógrafo de retratos, Uday diz que estas fotografias paisagísticas são uma nova paixão que começou a desenvolver durante as restrições da pandemia. 

"Durante o período da covid, tudo fechou e eu não tinha trabalho", disse. "Tinha muito tempo livre, por isso, comecei a andar pelas ruas, a tirar fotografias e a publicá-las online. Por alguma razão, estas imagens cativaram as pessoas." 

Nos últimos dois anos, as imagens de Uday valeram-lhe muitos seguidores nas redes sociais, e a sua popularidade continua a crescer. 

"A primeira coisa que me atrai é a cor", disse Uday. "Paletas de cores, minimalismo e uma certa simplicidade dentro de uma cena." 

Todas as fotografias de Uday são tiradas com uma câmara digital. "Hoje em dia, já começo a tirar fotografias com o iPhone", disse. 

A fotografia de Preet Uday mostra a cidade de Dubai numa nova luz.
(Preet Uday)

Antes de Uday fotografar um distrito em particular, ele caminha pela zona para sentir o seu carácter. Ele diz que esta abordagem lenta permite tirar imagens mais honestas e íntimas. "Significa que vemos pequenos detalhes dessa área em particular e como as pessoas vivem", disse Uday. "Ficamos a conhecer a paleta de cores única daquela área." 

Apesar de só ter começado a trabalhar neste estilo em 2020, Uday já fez exposições em várias galerias de arte no Dubai e está a pensar publicar um fotolivro. "Podia literalmente fazer dois ou três livros", riu-se. "É o volume de fotografias que tenho." 

"Mas sei que estou apenas no início relativamente a este género", disse Uday. "Tenho muitas mais paletas de cores e imagens na minha mente, à espera para serem criadas." 

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados