Trump pede a Putin que divulgue informações sobre negócios da família Biden

CNN Portugal , BCE
30 mar, 15:26
Donald Trump

Ex-presidente norte-americano deixa no ar a ideia de que a família do seu sucessor tem ligações a oligarcas russos

O ex-presidente norte-americano Donald Trump dirigiu uma mensagem a Vladimir Putin, numa entrevista transmitida esta terça-feira, na qual lhe pediu que divulgasse informações sobre negócios relacionados com a família do atual presidente dos EUA, Joe Biden.

Em entrevista ao programa de televisão Just the News, Trump citou um relatório do Senado de 2020, que revela que a oligarca russa Yelena Baturina, na altura esposa do governador de Moscovo, transferiu, há dez anos, 3,5 milhões de dólares para uma empresa co-fundada pelo filho do presidente norte-americano, Hunter Biden, levantando questões sobre o porquê desta transferência.

"Eu acho que Putin saberá dar resposta a isso. Acho que ele deveria divulgá-la e que devemos saber o porquê", disse Donald Trump.

Na mesma entrevista, Donald Trump disse que também gostaria de saber mais sobre a relação de Hunter Biden com o oligarca ucraniano Nikolai Zlochevsky, o dono da empresa de gás Burisma Holdings, que, em 2014, convidou o filho de Biden para o conselho administrativo da empresa, num contrato de centenas de milhares de dólares por ano.

A CNN ressalva que não há provas que sustentem as alegações de Trump, ou que o Kremlin tem acesso a material sensível sobre a família Biden.

Na altura, o Departamento de Estado norte-americano determinou que a relação de Hunter Biden com a empresa gerava um conflito de interesses, uma vez que o pai, então vice-presidente dos EUA, supervisionava a política EUA-Ucrânia.

Em 2019, Trump pressionou o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky a dar início a investigações de corrupção contra Joe Biden, na altura seu adversário na corrida à presidência norte-americana. "Não vamos conseguir uma resposta por parte da Ucrânia", disse Trump, referindo-se ao seu impeachment de 2020, após procurar ajuda da Ucrânia para investigar os negócios de Biden.

Ainda durante a campanha para as presidenciais de 2020, alguns dos principais aliados de Trump colaboraram com um espião russo para divulgar desinformação sobre Biden e sua família, incluindo algumas das alegações de corrupção que Trump mencionou agora nesta nova entrevista.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados