Covid-19: Há mais 43.729 infetados e 46 mortes

18 jan, 15:16
Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho

Portugal bate um novo recorde de novos casos. O número mais elevado até agora tinha sido a 12 janeiro, quando o boletim da DGS anunciou 40.945 novas infeções. Desde fevereiro do ano passado que não havia tantos óbitos relacionados com o novo coronavírus

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 43.729 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, segundo o boletim desta terça-feira da Direção-Geral da Saúde. Nas últimas 24 horas, foram ainda declaradas mais 46 vítimas mortais.

As infeções contabilizadas ao longo de segunda-feira ditam um novo recorde nacional, uma vez que o número mais elevado até agora tinha sido a 12 janeiro, quando o boletim da DGS anunciou 40.945 novas infeções (com dados referentes a 11 de janeiro).

Desde 26 de fevereiro de 2021 que não havia tantos óbitos por covid-19 - neste dia, com dados referentes a 25 de fevereiro, registaram-se 58 mortes.

A região Norte continua a contabilizar o maior número de casos (18.116), seguindo-se de Lisboa e Vale do Tejo (13.987), que, por seu turno, registou mais de metade dos óbitos (25 de 46). Faleceram ainda 11 pessoas com covid-19 no Norte, seis no Centro, três nos Açores e uma no Algarve. O Alentejo e os Açores não registaram vítimas mortais.

Atualmente há 332.786 casos ativos e 324.954 contactos em vigilância. As escolas continuam a ser um dos focos de infeção, sobretudo entre os mais novos. Os casos de covid-19 aumentaram 107% nos alunos com menos de nove anos.

Apesar do novo máximo de novos casos, estima-se que o número de infetados comece a cair já na próxima semana.

Hospitais perto das duas mil camas ocupadas

Nos hospitais há mais 17 pessoas internadas em enfermaria com covid-19, mas menos 14 em unidades de cuidados intensivos (UCI). No total, registam-se esta terça-feira 1.955 pessoas internadas e 160 em UCI.

A incidência está nos 4.200,6 casos de infeção por cada 100 mil habitantes a nível nacional. No Continente, a incidência está nos 4.155,9 casos por cada 100 habitantes.

O r(t) - índice de transmissibilidade - mantém-se no 1,13.

A vacinação continua a ser a principal estratégia de combate contra a pandemia e foram já administradas quatro milhões de doses de reforço.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados