“Os outros dois candidatos já aderiram a ideias que propus”: Daniel Adrião

15 dez 2023, 20:09

Chegou a disputar a liderança do partido com António Costa por três vezes, sempre com resultados mínimos. Agora a disputa de Daniel Adrião é com Pedro Nuno Santos e José Luís Carneiro

O candidato à liderança do PS Daniel Adrião votou ao final da tarde desta sexta-feira em Lisboa, mostrando disponibilidade para colaborar com o vencedor desta eleição, disputada sobretudo entre Pedro Nuno Santos e José Luís Carneiro.

“Estive sempre disponível para o meu partido. Estou disponível para o meu partido há 40 anos. O meu combate é pelas ideias”, disse aos jornalistas.

Daniel Adrião exerceu o seu direito de voto na Federação da Área Urbana de Lisboa. Esteve naquele local ao mesmo tempo que António Costa, mas não se cruzaram. Daniel Adrião disputou a liderança do PS com o atual secretário-geral por três vezes, sempre com resultados mínimos.

Para Daniel Adrião, “foi muito boa a sensação de chegar aqui e ver muita gente a votar”. O candidato classifica mesmo a adesão como uma “boa notícia” porque “ganha a democracia e a democracia interna”.

O candidato defendeu a necessidade de “construir um partido de baixo para cima” e de “dar mais poder aos cidadãos, reconciliar os cidadãos com a vida política”, por exemplo através de uma eleição direta dos deputados.

“Os outros dois candidatos já aderiram a ideias que propus”, regozijou-se. Adrião deixou também uma mensagem de unidade do partido: “O meu interesse é que o PS se apresente às eleições na melhor forma possível”.

Cerca de 60 mil militantes do PS vão eleger o próximo secretário-geral do PS, o nono, durante esta sexta-feira e este sábado.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados