O pedido de Kátia Aveiro a Ronaldo: "Queria tanto que ele viesse para casa, deixasse a seleção"

7 dez 2022, 17:12
Cristiano Ronaldo, Fernando Santos e a substituição. “Tem sede de jogar e não é de agora”, Kátia Aveiro em exclusivo à CNN

Irmã do craque português mostrou-se «triste» com o que tem lido e escutado.

A irmã de Cristiano Ronaldo, Kátia Aveiro, saiu em defesa do irmão, num texto publicado na sua conta de Instagram. "Queria tanto que ele viesse para casa, deixasse a seleção», apontou, acusando «grande parte do povo português» de «pequenez», de continuar «a maldizer» e de «ingratidão".

Cristiano Ronaldo começou o jogo frente à Suíça no banco. Apesar de se mostrar feliz com a vitória portuguesa, Kátia Aveiro parece discordar da opção feita por Fernando Santos: "Portugal ganhou. Graças a Deus. Novos talentos brilharam. Maravilhoso. Vamos ganhar isto? Eu acredito que sim! No campo, gritaram por Ronaldo. Não foi por Portugal estar a ganhar… E não sou eu que digo isto. O mundo assistiu... Por que será? Ainda bem que Portugal ganhou (já vi Portugal ganhar tantas vezes)."

"Triste" com o que tem lido e escutado, Kátia Aveiro desabafa: "Queria tanto que ele viesse para casa, deixasse a seleção e se sentasse do nosso lado, para o abraçarmos e dizermos que está tudo bem, para lhe fazer lembrar o que ele conquistou e de que casa ele veio. Queria tanto que ele não fosse mais para lá. Já sofremos que chegue (eles nunca irão saber o quanto). Tu és grande e os pequenos não percebem o quão enorme tu és… Vem para a tua casa, que é onde te compreendem, onde te abraçam. Como sempre foi. Onde tens toda a gratidão. E não ingratidão."

Apesar do “pedido”, Kátia Aveiro reiterou o apoio a Cristiano Ronaldo: "Eu queria muito… Mas decidas o que decidires, estamos contigo. Até à morte. Obrigada."

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Mais Lidas

Patrocinados