Agrediu ex-namorada grávida de sete meses. Foi detido e voltou a ficar em liberdade

21 mar, 15:38
Crime

Estava impedido de se aproximar dela. Aconteceu na Penha de França, em Lisboa

Usava pulseira eletrónica e estava proibido de se aproximar da ex-companheira, grávida de sete meses. Não cumpriu o estipulado e voltou a ser detido por violência doméstica, na terça-feira, na Penha de França, em Lisboa.

Esta quinta-feira foi presente a tribunal e voltou a ficar em liberdade. Foi-lhe aplicada como medida de coação a proibição de contactar a vítima, de ir à freguesia onde esta reside e de se aproximar do seu local de trabalho.

Segundo apurou a TVI (do mesmo grupo da CNN Portugal), o homem de 25 anos arrombou a porta da casa da ex-namorada e voltou a agredi-la.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) recebeu o alerta através do 112.

 

 

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados